UM BRASIL DE VIOLA

Para saber mais, visite o site oficial do projeto:

 http://umbrasildeviola.blogspot.com/


  Clique aqui para assistir os vídeos do projeto! 

 

 

        O Projeto UM BRASIL DE VIOLA – Tradições e Modernidades da Viola Caipira tem como missão retratar o Brasil que toca Viola Caipira. O sertão e a cidade. O Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e o Sul. A equipe do Projeto irá registrar e disponibilizar em fotografias, áudio e vídeo, depoimentos, toques tradicionais, músicas, entrevistas com mestres, professores, músicos, alunos que fazem do instrumento a sua maior forma de expressão e informações sobre antigas tradições do instrumento, a magia que o envolve, sua ligação com o homem e a natureza, as formas rústicas e artesanais de construção, seus mestres, a tradição oral no sertão brasileiro. Tudo isto correlacionando com um novo jeito de tocar viola, com instrumentistas que se destacam por composições contemporâneas, professores que ensinam em Escolas de Música e modernas formas de luteria.

 

        O objetivo principal do projeto é oportunizar o acesso a um elaborado conteúdo de pesquisa voltado à viola caipira, seus saberes e fazeres. O projeto pretende abarcar diversas regiões do Brasil, registrando em fotografias, áudio e vídeo os encontros com mestres que vivem no sertão, estudantes em centros urbanos, professores em diversas Escolas que criaram os próprios métodos de ensino. As informações que alimentam o site advém de pesquisas sobre os diversos tipos de viola existentes em regiões distintas do Brasil, como a Viola de Cocho, presente no Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, A Viola Machete, no Recôncavo Baiano, A Viola Nordestina que faz parte do contexto do poeta cantador de repente do Nordeste, A Viola de Fandango, do Litoral Paranaense e a viola caipira do interior de Goiás, Minas Gerais, São Paulo e Mato Grosso.

 

        Nos nossos registros, são abordados temas como:

        1) As diversas formas de aprendizado e a perpetuação do instrumento
        2) A relação do violeiro com sua viola e a natureza: criação de toques com nomes de bichos.
        3) A devoção: Religiosidade e música de viola.
        4) Novas Linguagens Musicais na Viola.   
        5) Construção artesanal, novos Luthiers e a construção em série (Fábricas).
        6) Mestres e aprendizes
        7) Mitos, Pactos e Simpatias

                    É preciso considerar que a Internet introduz inovações nas formas de ensinar, aprender e nos modos de transmissão de conhecimentos; ela é, também, uma matriz de agregação de pessoas e de fortalecimento comunitário. A viola caipira é um caso de atividade cultural cuja prática não está restrita a apenas uma comunidade local; ao longo de sua história, ela se espalhou pelo território nacional, diversificando modos de ser tocada. Ainda assim, os violeiros de todo o Brasil guardam entre si a identidade de tocarem esse instrumento, ainda que cada um a seu modo. Sem dúvida, uns têm a aprender e a ensinar aos outros. A Internet se torna, então, um veículo prático e eficaz de criação efetiva de uma comunidade virtual que consiga agregar violeiros de todo o Brasil, contribuindo para a manutenção e renovação da tradição do instrumento.

                    Acreditamos que com este tipo de pesquisa se revelam grandes músicos, mestres, que se perpetuam os saberes e fazeres desta arte que é tocar viola.

 

  Clique aqui para assistir os vídeos do projeto! 

 

© Luciano Queiroz - Todos os Direitos Reservados

Melhor Visualizado na configuração 1024 x 768 píxels